Image Map

15 setembro 2010



Animais em Apartamento..... Pode?

Por Marina Oliveira
Ter um animal de estimação é bom demais e não é novidade pra ninguém!
Chegar do trabalho, daquele dia cansativo e encontrar aquela “bolinha de pêlos” abanando a cauda e fazendo a maior festa pela sua presença não tem preço e tira o estresse de qualquer pessoa.

Mas.... e quando a pessoa mora em apartamento? O que fazer?

Calma.... sempre existe uma solução, mas que para que a convivência entre bichinhos de estimação, apartamento e vizinhos seja pacifica é preciso prestar atenção a algumas orientações. 
1) Nunca, nunca pegue um animal de médio ou grande porte. Conheço quem tenha até um labrador dentro de um apartamento. Mas isso não é saudável. Dê preferência a raças de pequeno porte como o Lhasa Apso, Shih-Tzu, Maltês, Poodle Micro Toy... 
Llasa apso
Maltês

2) Escolha, de preferência, um filhote para ele se acostumar com o espaço reduzido desde pequeno. É bom que ele não saia de uma área maior e vá para um apartamento, com menos espaço, pois ele pode sofrer um grande estresse com essa mudança, podendo até ficar doente.

3) Preste atenção nas raças como o Pinscher e o Yorkshire. Essas duas raças tem uma tendência a serem mais barulhentas. E nenhum vizinho vai querer ser acordado pelos latidos do seu amigo!

4) Acostume seu amigo com um espaço na lavanderia por exemplo para que ele faça suas necessidades. Existem em pet shops sprays que ajudam nessa tarefa... são conhecidos como “pipi-sim” e “pipi-não”. Isso é um bom aliado para acostumar e educar filhotes. 
5) Passeie com o seu animal todos os dias! Por mais acostumado e pequeno que ele seja, ele precisa, como qualquer um de atividade física. É bom para ele, para você pois é uma distração e com certeza ele vai adorar sair na rua, sentir cheiros e ver coisas diferentes. Como ele não tem acesso a um quintal, isso vai ser muito bom!

6) Acostume seu bichinho com barulhos de campainhas de vizinhos, barulho de interfone ou do elevador por exemplo. Sempre que ele latir nessas situações, diga um “não” com muito respeito e severidade. Não é necessário gritar nem nada disso, seja apenas firme. Ele vai entender o recado e parar com o alarde quando acontecer esses barulhos.

7) Por último e não menos importante: veja se no seu edifício eles permitem o animal. Caso contrário, isso pode gerar um grande desentendimento!
Bom, gatos também podem viver em apartamentos, porém é mais difícil de se encontrar pois eles tem um instinto natual de liberdade. Nada impede se ele também for acostumado desde pequeno. Caso for se mudar, você pode procurar um Médico Veterinário para orientá-lo sobre um tratamento floral, pois qualquer mudança para os gatos, é sempre muito sentida. Observe sempre o comportamento dele antes e após a possível mudança.

Um outro lembrete: não abandone seu animal! Ele tem uma vida do mesmo modo como você tem. Caso você tenha mesmo que se mudar para um local onde não terá um espaço para seu amigo, consiga uma casa de algum parente, amigo ou vizinho em que saiba que ele será bem cuidado. Lembre-se que ele te ama acima de tudo e irá sofrer –muito- com a separação. Portanto, visite-o sempre, leve-o para passear e não se esqueça que independente de onde você for, ele será sempre seu mais leal amigo!

Um beijo a todos! 
Qualquer dúvida, deixem um recadinho!

18
Comentários via FaceBook

18 comentários:

  1. Olá!
    Minha cachorrinha estava abandonada, na rua, acho que a soltaram pq ela tem um probleminha de saúde, ela é epilética. Cuido dela com todo amor, eu preciso do carinho dela assim como ela precisa do meu! Estou com ela há 7 anos! E se Deus me der força vou ficar com ela até o fim! Acho que todos devem saber o que é posse responsável antes de pegar um animalzinho, não é?!
    Beijos pra você!

    ResponderExcluir
  2. Oieee...
    Tenho um Lhasa Apso, mas qndo me casar vou deixa-lo com meus pais.
    1º Porque ele é super apegado a minha mãe.
    2º porque tenho dó de deixar o bichinho preso em um apartamento o dia inteiro sozinho... como vou trabalhar só vou ve-lo anoite...
    Agora se fosse morar em uma casa era outra conversar rsrs...

    Adorei o post muito explicativo
    Grande Beijo

    ResponderExcluir
  3. ai eu acho esses cachorrinhos LINDOOOOS *-*

    ResponderExcluir
  4. Margareth Mazetti

    Nossa, que sorte que ela encontrou alguém como você! Pois é, o animalzinho as vezes é abandonado no primeiro sinal de qualquer doença... e isso é horrível!!
    As vezes as pessoas esquecem o quanto eles sofrem não é mesmo?

    E epilepsia é algo que pode ser controlado e ela leva uma vida normal!

    Parabéns pela sua atitude!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Queila

    Obrigada pelo comentário! Ainda bem que seu Lhasa terá um lugar pra ficar.. e com quem ele gosta!

    Super beijo

    ResponderExcluir
  6. Mah...
    Amei isso!!!
    Eu tenho o Zé o York desde o apartamento e agora tenho 2 que salvei da rua e elas são gdes!!!
    Desistimos de um Apt por conta delas e estamos fazendo um canil na nova casa para acomodar as 2!!!
    Amo bichinhos em especial cachorros e adorei seu POST!!!
    ESCREVA MAISSSSS!!!
    bjks

    ResponderExcluir
  7. Eu particularmente não teria animais em apartamento, com excessão dos peixinhos, acho que por mais limpo que seja o ambiente sempre fica o cheiro do animal, além ddo que eles precisam de espaço. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. KarinPatty

    Que bom que você gostou!! E que bom que vc arrumou um jeitinho de acomodar suas novas moradoras!! =))) Logo logo estarei com mais um post! Bjos!

    Rose

    Ah, quanto mais espaço melhor né? Beijo!

    ResponderExcluir
  9. @Fábrica dos Convites Eu pensava como vc, mas depois de morar em casa e ser obrigada a vir a morar em apto tive que me adaptar com as minhas dashs dentro do apto. Realmente não é fácil, tem dia q parece q a casa cheira cachorro mesmo, mas a gente vai se adaptando e se acertando, sei que não é o melhor ambiente pra elas, mas acho q elas teriam sofrido muito mais se eu as desse embora, ainda mais pela idade que elas tem ...
    Bjksss

    ResponderExcluir
  10. @Margareth Mazetti Também acho Margareth, só devemos pegar um bichinho com consciência da responsabilidade que é. A minha salsichinha clarinha, a Pitty, foi rejeita antes de vir pra mim, talvez até porque ela seja meio maluquinha, mas a bichinha é de uma carência doida ... bjkss

    ResponderExcluir
  11. @Queila Rocha Ai realmente o bichinho ficar num apto sozinho não dá mesmo! Tadinho ...

    ResponderExcluir
  12. AMEI O POST. Só queria complementar: tenho uma bulldog inglês ( a Theodora), e essa raça se dá mega bem em apto. É uma raça que não late, não precisa de muito passeio (quero dizer grandes distâncias), é dorminhoco, carinhoso, dócil e inteligente. Temos um grupo com mais de 300 bulldogs, e posso dizer que a maioria deles mora em apto. numa boa.
    Qualquer cão, seja em casa ou apto., precisa de companhia, carinho, atenção e amor. Ficar sozinho o dia todo não rola em lugar algum. POSSE CONSCIENTE!! Não é só dar comida e água! Além da limpeza, vacinas e afins

    ResponderExcluir
  13. Sol

    Bulldog Inglês são muiito fofos né? Foi bem lembrado mesmo dessa raça que não dá trabalho!
    Só é preciso prestar atenção quanto ao peso, pois eles ganham peso com facilidade. Entao, caminhada neles! ;)

    E isso é verdade, é preciso praticar a posse consciente, sim!!
    Animal precisa de carinho, tempo e dedicação e muito cuidado!!
    E só temos a ganhar com isso..!

    Bjjs

    ResponderExcluir
  14. Mah, eles são literalmente fofos.. hahaha
    Mas o peso é uma das preocupações com a raça, além das dermatites (costumam ter muito problema de pele), e O CALOR... gente bulldog + calor = desastre na certa. Enfim, todas as raças tem suas particularidades, e todas compensam, mas compensam demais!! Meu marido brinca (brincadeirinha boba), se um dia eu pensar em separar dele, ele some com a Theodora pro Acre (hahaha vai entender a escolha do estado)!! kkkkkkkkkkkkk!! É um amor incondicional.. sem comparação!!

    ResponderExcluir
  15. Eu sou louca pelo meu filhinho,um yorkshire ,ele fará 2 anos depois de amanhã,no quesito de q eles tendem a latir,discordo um pouco,pq o meu não late nunca,já o da minha vizinha q é uma podle,mesmo chegando na ponta dos pés ,ele escuta e faz um escândalo qlquer hora q seja..mas enfim p ter um, animal em apt tem que amar muito mesmo,e suprir todo essa questão de ambiente menor..mas só de chegar em casa ,e eles mostrarem o amor que tem pelo dono..nossa compensa em tudo

    ResponderExcluir
  16. E como compensa!
    O amor deles é incondicional...

    ResponderExcluir
  17. Marina, preciso discordar de vocÊ ao mencionar a raça Yorkshire como barulhenta. Eu tenho vários yorkies e todos são super tranquilos, alguns sequer latem. Já pesquisei sobre o assunto e acabei descobrindo que esse comportamento (latidos) é caracterisco do resultado de cruzamento entre cães com temperamento agitado, ou seja, tem fatores genéticos no final das contas. Também tem muita relação ao ambiente e as pessoas que o animal convive (independente da raça). Se a casa é agitada e as pessoas também, fica impossivel se ter um animalzinho calminho, tranquilo, sabe!

    ResponderExcluir
  18. Nossa eu tive uma vizinha com um york que amiga, era insuportável, a cachorra latia o dia inteiro, nós não entendíamos como a família aguentava e a cachorra não ficava presa não, pelo contrário era tudo muito a vontade, subia no sofá, dormia na cama junto, mas ela era uma histérica, tadinha. Agora o filho dela já não, um docinho...

    Acho que vai muito da personalidade do cachorro mesmo, ou alguma característica, por exemplo, minhas dashs, a pretinha é um doce, meiguinha, calma de tudo. Já a caramelo (Pitty) é brincalhona, mas um terror, daquelas que late por tudo, morde as pessoas por trás, sobe em mesa pra roubar comida... E ai quando a Tuca (pretinha) teve os filhotes, os que eram pretos nasceram todos amáveis, já os marronzinhos muito arteiros e mais valentes.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante!

P.S. Você pode adicionar o link do seu blog, desde que o comentário seja referente ao post e não propaganda particular.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...