Image Map

22 outubro 2011



Vida à dois... Uma prova de fogo?

Olá pessoal, hoje quero abordar o tema relação amorosa.
Você se sente amada (o)?
Sua relação hoje está satisfatória?
São perguntas fáceis para alguns e muito difícil de responder para outros.
Mas será que sabemos amar e ser amados?
Hoje noto que as pessoas estão mecânicas ao se relacionarem, ficam frustradas, e acabam controlando o parceiro (a).
Isso tudo causado por insegurança, pressão que muitas vezes sofremos da sociedade, porque simplesmente “temos que ser bonitas, com o corpo em forma, trabalhar, estudar, enfim, ser bem sucedida na vida.”
Essa pressão externa e interna que sofremos, pode causar um desconforto pessoal que leva ao acumulo de insegurança, e na falta de confiança no nosso poder pessoal.
Se eu perguntar a você o que é amar?
Você me responderá... Simplesmente sair do chão, rir a toa, flutuar, uma sensação maravilhosa, única... etc e tal. Aí eu digo a você que deveria ser assim sempre, mas não é.
Não é... Porque inconscientemente queremos mudar o outro, controlar, enfim... Quando nos damos conta apagamos nossa luz “própria” e muitas vezes a do “outro” também.

Pense... Será que vale a pena?
Saia do controle. A vida é sábia, não erra!
Permita viver a grandeza do amor, doando sentimento, sem manipular, agredir, forçar.
Sei que em muitas ocasiões, a tentação de manipular, controlar é grande por demais, sabemos também que mais uma vez nosso mecanismo de defesa está atuando, mas somos muito mais fortes.
Acho sinceramente que deveríamos meditar nos “Coríntios 13” antes, durante e depois de casados.

Medite nestas palavras: 
1. Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o símbolo que retine.
2. Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei.
3. E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará.
4. O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece,
5. Não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera não se ressente do mal;
6. Não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;
7. Tudo sofre tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
8. O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará;
9. Porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos.
10. Quando, porém, vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado.
11. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, pensava como menino; quando cheguei a ser homem, desisti das coisas próprias de menino.
12. Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido.
13. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.

Reflita: 

Destas sábias palavras que consta na Bíblia, quantas conseguimos de fato por em prática? 
Será que nós realmente sabemos amar o próximo? 

Respeitamos o próximo? 

Tomara que possamos a cada dia ir de encontro à evolução, e poder de fato e de verdade amar, sem esperar nada em troca.
Viver esse sentimento livre de qualquer manipulação interna e externa, e melhor... Poder sentir esse sentimento maravilhoso que nos torna “Filhos do criador”.
Ajudar...
Perdoar...
Crer...
Esperar...
Suportar, etc...
Vamos nos permitir crescer de tal forma que a felicidade possa tomar conta de nossas vidas e os problemas que geralmente achamos grandes, possam se tornar tão insignificantes ao ponto de não darmos mais tanta importância.
Na verdade, damos muita importância à bobagens, sendo que o sentimento, o amor, é maior que tudo.
Caia na real!
Vamos abrir a cabeça.
Vamos ser mais donos de si.
Somos perfeitos à nossa maneira.
E melhoraremos à medida que abrirmos mão do orgulho, da vaidade que impera hoje.
E com muita certeza, vamos olhar pra trás e pensar que tudo “Valeu a pena”.
Nossas experiências por mais dolorosa que seja muito nos ensina.
Mas podemos escolher... aprender pela inteligência... E dar um “basta na dor”.
Pense nisso... Pois eu já comecei.

Dica de livro: 
Dica de filme: 
Eu recomendo em qualquer fase da vida, solteira, casada, namorando, não deixe de assistir, mas peço que se for casada, ou tiver namorado, vejam “juntos”.

Existe também o livro do que conta a história do filme.

Que amanhã você esteja melhor que hoje, e principalmente mais feliz.
Espero também, que este post tenha lhe ajudado de alguma maneira.

Um super bjo no coração.
Fique com Deus.
Paz profunda!
10
Comentários via FaceBook

10 comentários:

  1. Lindo post....
    E qdo agente lê este texto bíblico percebemos o quão pequenos somos e o quanto necessitamos aprender a amar....
    Bjussss....
    http://almaruiva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. adorei as dicas
    bj
    http://thecamilamorena.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Sol não tenha dúvidas de que seus posts ajudam "de alguma maneira"! Aliás eles ajudam de muitas maneiras rsrsrs...
    Às vezes fico triste por estar solteira... Mas a verdade é que ter saído de um relacionamento há pouco tempo me fez refletir em muitas coisas sabe... Estou tendo a oportunidade de olhar para dentro de mim e saber o que eu realmente quero para minha vida. E apesar estar "sozinha" está me dando a oportunidade de colocar no eixo algumas coisas dentro de mim... Posso até dizer que me sinto hoje uma pessoa melhor e fico muito feliz por isso.
    Esse filme você já tinha indicado em um post meu, mas ainda não assisti. Vou procurar pois quero muito assistir ele!!!
    Obrigada por suas palavras... que sempre me tocam muito!!!
    Muita paz pra você também!!! Fica com Deus!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Lindooooooooooo, precisando muito dessas dicas!


    Nani Mota
    eucurtomakeup.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post!
    Já vi este filme e é realmente incrível.
    Parabéns Sol!
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Erilda Maria Barbosa Padula12 de dezembro de 2011 14:02

    Tbm gosto desses muito bons!!

    bjosss..linda

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post!!!
    Boas dicas de livro e filme!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. O filme é ssensacional e eu também recomendo á todos. O livro não conheço, mas já agradeço a indicação. Bjkas.

    ResponderExcluir
  9. Esse filme eu assisto um zilhão de vezes e não me canso, meu namorado comprou por conta de ser gospel, mas acabamos nos apaixonando pela história, perfeito.

    http://www.manualfeminino.com/ 

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante!

P.S. Você pode adicionar o link do seu blog, desde que o comentário seja referente ao post e não propaganda particular.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...