Image Map

14 janeiro 2013



“Respirar: Inspire vida!”


Olá meninas, tudo certo?

Você já reparou que sua respiração muda conforme o ritmo em que vive?

Normalmente, situações prazerosas fazem com que a inspiração e a expiração aconteçam de forma mais calma, mais lenta, como se o momento, em si, lhe permitisse ampliar a sua capacidade de absorver toda a sensação boa que chega naquele instante.

Em contrapartida, diante do estresse, o peito fica ofegante e a respiração fica mais curta e rápida, como se seu corpo quisesse tomar a frente e reagir àquilo que o está afetando negativamente. Por que será que isso acontece?

Bem, a ciência já mostrou que, de fato, o corpo responde ao que a mente lhe apresenta. Se sentirmos alegria ou tristeza, essas emoções certamente serão exteriorizadas; saem do nosso cérebro, de onde nascem, para se transformar em características perceptíveis a olho nu. E, quando isso acontece, a respiração é uma das primeiras a manifestar-se. Não à toa, em algumas tradições médicas (principalmente vindas do oriente), é comum associar problemas cardiorrespiratórios a questões emocionais.
Quase nunca ficamos atentos aos sinais enviados pelo nosso corpo para dizer que algo vai bem ou vai mal.

Pare Pense Respire...

Pensar para respirar é o mesmo que respirar com atenção. E respirar com atenção nos ajuda a sair do piloto automático e tomar consciência de uma ação que, até então, era feita espontaneamente, ou seja, significa dar o primeiro passo para começar a se olhar com outros olhos, para começar a se enxergar com profundidade.

Já se sabe que a respiração consciente ajuda a afastar o estresse, proporciona bem-estar e estimula habilidades como criatividade, entusiasmo e o raciocínio lógico.

Comentários da Sol:
Pois é meninas, não é tão simples assim né?

Mas com o estresse do dia a dia, fazemos tudo tão mecanicamente.

Até pra comer agente entra no automático e praticamente engole a comida, deixamos de saborear de fato os pratos, deixamos de curtir uma bela paisagem, de respirar com consciência um ar puro.

Imagina você em um campo, sítio, fazenda, podendo descansar, relaxar, ler um bom livro, meditar, se acalmar... Pensou?

Você voltaria desse lugar bem mais equilibrado (a), mais calmo, paciente para lidar com os desafios que certamente a vida lhe trará. Mas a pergunta que fica no ar é: “Será que nos damos esse direito”? Este prazer? Esta compensação?”

Quero saber de você, conta pra gente se você anda se tratando com carinho a este ponto.

Sua opinião é importante, aqui uma aprende com as outras.

Um grande bjo!
Fonte:
Baseado no texto de “Heloisa Capelas”( é especialista em desenvolvimento humano por meio do autoconhecimento e da competência emocional).
Comentários: Sol Neves
Imagens: Google
6
Comentários via FaceBook

6 comentários:

  1. Fazer uma respiração profunda sempre me ajuda em situações de estresse. Páro, respiro fundo umas 5 vezes e me sinto melhor.Bjs

    ResponderExcluir
  2. É bem por aí Rosane...quem respira curto, troca pouco com o meio social, fica muito mais fácil adquirir depressão.
    Muitas vezes o ombro está voltado para a frente também impedindo a respiração de fluir melhor.


    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Faço a mesma coisa que a Ro...vocês acreditam que em situações de estresse ou ansiedade, até esquecer de respirar já me aconteceu?
    Com o passar dos anos, aprendi a observar melhor a minha respiração: Respirar fundo, suspirar e se concentrar nela, ajudam e muito na qualidade de vida da gente.

    bjos meninas.

    ResponderExcluir
  4. Sem dúvida Bia!
    Isso agente acaba sacando com o tempo, e muitas vezes com excesso de dor na alma, entende? Sofrimento mesmo.


    Respiração....troca com o meio!
    Significa estou aberto para o mundo. Lindo não?


    Bjos Bia!

    ResponderExcluir
  5. "o corpo responde ao que a mente lhe apresenta." - Que coisa mais LINDA isso!!!
    Eu respirava errado... Precisei fazer fono! rsrsrs E não foi novinha não... Foi a pouco tempo atrás aos 20 e pouquinhos anos!!! rsrsrs
    E amei o post Sol!!! Porque pretendo me especializar em fisioterapia respiratória!!! =D
    Ter uma respiração correta é fundamental... E ter paz interna para conseguir fazer isso é super importante também!!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  6. Verdade Lili, não tem idade!
    Somos nós que nos apresentamos ao mundo, e as pessoas nos tratam como agente se trata.
    Respirar é vida, é troca com o meio....é viver!!!!!!!!!!!!!!!!!


    Adorei seu comentário, só pra variar!!kkkk


    Bjos minha linda!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante!

P.S. Você pode adicionar o link do seu blog, desde que o comentário seja referente ao post e não propaganda particular.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...