Image Map

06 março 2013



Filme: "O Lado Bom da Vida"

Por Bia Chaves




Oi gente, tudo joinha? Então tá bom.

Fazia tempo que eu não aparecia para dá dica de um bom filme, né? Pois bem, cá estou e com um FILMAÇO para indicar:

O LADO BOM DA VIDA 

Gênero: Comédia / Drama / Romance
Ano: 2012 
Censura: 10 anos

Se fosse pra fazer um resumão do filme, eu diria que se trata da história de duas pessoas que em meio a sérios problemas pessoais, encontram-se e, através da dança, descobrem uma forma de recomeçar a vida e reencontrar a felicidade. Porém, eu estaria sendo muito injusta resumindo o filme dessa maneira. Existe aí um roteiro impecável, diálogos de arrepiar, uma direção sensível, elenco de primeira linha e interpretações de tirar o fôlego.


Com esse filme passei a ter todo o respeito do mundo pelo ator Bradley Cooper. Na verdade, eu vinha assistindo filmes com o ator, que já estavam conseguindo tirar da minha cabeça a imagem dele em “Se beber não case” – que o estereotipizou demais (Meu Deus, essa palavra/termo existe, né?!). Com “O lado bom da vida” essa imagem se foi de vez. Finalmente ele conseguiu sair da carcaça de “apenas mais um rostinho bonito (e gostosinho) de Hollywood” e deu um show de interpretação, digno de calar a boca de qualquer crítico. 

No filme ele faz o papel de um homem que perdeu a casa, o emprego e a esposa. Surta completamente e termina em um hospício por 4 anos.


A Jennifer Lawrence não ficou atrás. Confesso que eu nunca havia notado essa atriz, até “Jogos Vorazes”, apesar de já ter assistido filmes com ela anteriormente. Que a personagem Katniss (Jogos vorazes) pudesse trazer a atriz para a turma de “queridinhas de Hollywood”, era fácil de imaginar, mas vê-la entre as “melhores”, isso nunca...

Bom, não antes de assisti-la atuando em “O lado bom da vida”, na qual ela faz o papel de uma mulher que entrou em depressão e se tornou totalmente introspectiva, depois da morte do marido.


E está pensando que o elenco de peso para por ai? O que dizer então da atuação dos atores veteranos Robert De Niro e Jacki Weaver, ambos em papéis coadjuvantes? Sensacionais.

Não foi a toa que os quatro atores foram indicados ao Oscar 2013. Também não foi a toa que o filme levou 8 indicações, no geral: Melhor filme – Melhor Direção – Melhor Edição – Melhor roteiro adaptado – Melhor atriz (Jennifer Lawrence) – Melhor ator (Bradley Cooper) – Melhor atriz coadjuvante (Jacki Weaver) – Melhor ator coadjuvante (Robert De Niro). 


No começo o filme foi vendido como uma comédia romântica, mas ele está longe de ser classificado apenas dessa maneira, devido as fortes conotações dramáticas existentes no roteiro. Que tal então chamá-lo de “dramédia-romântica”?

“O lado bom da vida” aborda problemas reais, na qual absolutamente ninguém está livre de vivê-los. Perdão, desequilíbrio mental, tolerância, amizade e respeito são fortemente enfatizados.

Crises, bipolaridade, surtos e mais surtos psicóticos...em várias cenas, essas flutuações de humor acabam nos fazendo rir, mesmo sabendo a gravidade do problema.

E o filme é isso: Um verdadeiro misto de emoções.


Quem acompanhou os meus posts sobre a temporada de premiações, deve ter visto a minha torcida por dois filmes no Oscar 2013. Os meus dedinhos estavam cruzados para “Argo”, mas “O Lado bom da vida” era, de fato, o meu filme do coração (Clique aqui e veja).

Infelizmente, esse estilo de filme passa longe do agrado da Academia, por isso eu sabia que, salvo por uma big zebra (que não aconteceu), ele não teria a menor chance de vencer como “melhor filme”.

E digo mais: Bradley Cooper só não levou o Oscar de “melhor ator”, porque tinha uma grande pedra no caminho chamada Daniel Day-Lewis, senão...

Porém, a Jennifer Lawrence conseguiu a faceta de ultrapassar as “grandes pedras” e levar o prêmio de “melhor atriz”. Confesso que ela não era a minha preferida na categoria, mas reconheço que foi merecedora sim.


ASSISTA AO TRAILER:





Por enquanto, o filme "O Impossível" continua sendo o meu preferido de 2013 (Eu e a Lili falamos sobre ele aqui - clique), mas "O lado bom da vida" está em segundo lugar, num páreo duro.

O filme ainda está em cartaz nos cinemas de várias cidades brasileiras. Aqui em Natal, ele está em cartaz nas salas do Cinemark (verifique a programação local).

Gente, é um filme que vale cada grão da pipoca estourada. Acreditem!

Beijocas e pipocas,






Curta a fanpage do TJMblog e acompanhe nossas dicas!
8
Comentários via FaceBook

8 comentários:

  1. Lá vai mais um filme para minha listinha! Adoro Bradley Cooper. Bjs

    ResponderExcluir
  2. E você até já tem o filme, né Ro? :)
    Assista e venha deixar a sua opinião, combinado?
    bjkas!

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse filme... traz ótimas reflexões pra nossa vida... Realmente, eh dai, se ela caiu???!!!!! Estava linda do mesmo jeito... rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkk verdade, Carol.
    E os outros filmes que concorreram ao Oscar, você também assistiu?
    Opinei sobre eles aqui (dá uma olhada): http://www.tjmblog.com.br/2013/02/maratona-oscar-2013-melhor-filme.html
    Obrigada por comentar. Bjkas!

    ResponderExcluir
  5. Amei demais esse filme, Bia!
    Que lição linda que ele traz! Realmente é de tocar o coração!
    =)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Verdade, Tah. Acredita que até agora não encontrei ninguém (ninguém mesmo!) que não tenha gostado desse filme?. Com todo mundo que converso, as pessoas sempre tem algo bom para falar sobre ele...tô impressionada. Até agora é uma unanimidade.
    bjkas e obrigada por deixar a sua opinião! ;)

    ResponderExcluir
  7. Preciso assistir esse filme logooo!!! rsrsrs
    Adoro o Bradley Cooper... Quem não é muito de assistir comédias, só ficou conhecendo ele agora...
    E "Se Beber, Não Case!", foi um divisor de águas na sua carreia!!! Se não fosse por essa comédia INCRÍVEL ele não estaria aonde está hoje... Antes de Se Beber, não case!, ele não ti

    ResponderExcluir
  8. @Bia_Chaves:disqus
    Acabei de assistir o filme e menina, ele não fez minha cabeça, assisti até o final, mas até dormi no meio... rsrs Não gosto de filmes com essas confusões familiares, brigas... me dá mau estar, fico deprimida.
    Só valeu a pena a parte da dança já no final.
    Mas apesar de não ter gostado da história, os atores deram um show de interpretação.Jennifer realmente mereceu o prêmio.

    Beijinhosss

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante!

P.S. Você pode adicionar o link do seu blog, desde que o comentário seja referente ao post e não propaganda particular.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...