Image Map

16 agosto 2013



Uma Questão Cultural?


 

Tudo bem?
 
Outro dia li uma matéria sobre a Gisele Bündchen e sua bebê Vivian. Bastou uma foto sua com a bebê publicada no Instagram, para a top levar uma saraivada de críticas. Tudo isso por conta da orelhinha furada da criança. O caso foi assunto de debate em programas na TV e os americanos acusaram a modelo de alimentar sua própria vaidade.

     
                                           Gisele Bündchen(Imagem:Instagram)

 

Esse é um caso clássico de diferenças culturais. Lá nos EUA, as meninas costumam furar as orelhas somente por volta dos 12/13 anos. Aqui no Brasil, já temos o hábito de furar as orelhinhas das bebês ainda na maternidade. O engraçado nessa história toda é que furar orelha de bebê não pode, mas colocar as meninas pequenas para participar daqueles Concursos de Misses pode! É criança maquiada, com apliques nos cabelos, com unhas pintadas (já falamos sobre esse assunto aqui). Enfim, em questões de hábitos e costumes, é cada um no seu quadrado!
Como disse anteriormente, aqui no Brasil temos o hábito de furar as orelhinhas das bebês ainda bem pequenininhas, muitas vezes na própria maternidade as enfermeiras podem fazer o furo.  Segundo o site da  ANVISA*, as farmácias também podem fazer esse procedimento  utilizando aparelho próprio para esta finalidade e que faz o furo usando o brinco, é proibido usar agulhas ou quaisquer outros objetos perfurantes. Para quem não consegue furar no hospital ou na farmácia, têm enfermeiros que vão em casa. O importante é cuidar muito bem da higiene, usar brinco de ouro para evitar qualquer alergia e ficar atento ao profissional que fará o procedimento. Se houver algum sinal de inflamação ou em caso de dúvida, vale sempre aquela dica: converse com seu pediatra!

Um abraço,

 
 


7
Comentários via FaceBook

7 comentários:

  1. No caso das misses até dentadura eles colocam nas crianças... rs
    Realmente é não ter o que falar, né?


    Quem tiver dificuldade pra furar a orelha, pois muitos hospitais e farmácias não andam furando, ai o jeito é entrar em contato com uma enfermeira ou farmacêutico, que eles furam por fora. Muitos deles até tem a maquininha, o que facilita muito... quando a criança pensa em chorar, já era! rs


    Bem polemico esse assunto, nem todo mundo concorda mesmo em furar a orelha da criança ainda bb, eu furei da Rafa e acho que fiz a melhor coisa, se fosse maiorzinha me daria muito mais trabalho.


    Beijossss

    ResponderExcluir
  2. Morro de dó das misses e acho suuper normal furar a orelha quando bebê. A criança, quando crescida, nem lembra mais da dor. rs


    Eu acredito ser algo cultural mesmo. :)


    Beijos, Ca
    www.santafeminice.com

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente: Que foto linda da Gih ( a íntima! kkk) com a Vivian. Aliás, existe alguma foto feia da Gisele?

    Ro, eu não estava sabendo desse alvoroço todo não e tudo por causa de um brinquinho? Mas é como você mesmo disse: tudo é uma questão cultural mesmo, porque vamos combinar que aquele programa das misses infantis é a coisa mais bizarra do planeta, mas os americanos amam. E aquela criança "Honey Boo Boo" que virou até reality show? aquilo tudo pode e é lindo né?! (só que não!).

    Enfim, culturas a parte, a Vivian está a coisa mais fofa desse planeta, de brinquinho.

    bjkas!

    ResponderExcluir
  4. Minha mãe furou minha orelha ainda na maternidade, portanto não sei o que é a vida sem brincos, Depois de adulta fiz segundo furo na farmácia usando a pistola e realmente é muito rápido e prático, mas seu tivesse filha iria tentar furar na maternidade. pois acredito que seja mais seguro e até higiênico. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Bia, esse caso da Gisele virou polêmica, disseram que era vaidade dela e que furar orelhas é coisa de "latinos". Tb. acho esses concursos infantis muito bizarros. Os pais gastam fortunas para as filhas participarem e sem contar que elas ficam parecendo miniaturas de gente grande, definitivamente não gosto! Bjkas

    ResponderExcluir
  6. Nossa que absurdo falar que é coisa de latino, olha que preconceito. E esses concursos infantis, é coisa natural então! Q absurdo!!

    ResponderExcluir
  7. Pois é amiga, depois que li seu post fui dá uma sondada nesse bafafá todo, via google...que coisa mais doida! Que preconceito besta. Eu adoro muitas coisas do EUA, mas reconheço o quanto eles são bitolados e preconceituosos com várias outras nações...super ponto negativo pra eles!!!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante!

P.S. Você pode adicionar o link do seu blog, desde que o comentário seja referente ao post e não propaganda particular.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...