Image Map

05 novembro 2013



Dermatologia: Entenda os Diferentes Tipos de Peelings



O inverno é a melhor época para fazer procedimentos como peelings, mas há muitas dúvidas relacionadas aos diversos tipos que os consultórios oferecem, por isso resolvi escrever sobre eles mesmo sendo "fora de época". As perguntas mais frequentes que recebo dizem respeito às diferenças entre peelings químicos e físicos, qual o tempo de recuperação, como cuidar da pele depois do procedimento, como lidar com a dor que alguns causam etc. Enfim, vou escrever um pouco sobre isso para esclarecer as maiores dúvidas.


O que são Peelings?

Os peelings são procedimentos geralmente realizados com altas concentrações de ácidos, como o Retinóico e o Glicólico, capazes de renovar a epiderme, melhorando consideravelmente a sua textura. Como consequência, as manchas, rugas e sulcos ficam atenuados. Além disso, os ácidos geralmente utilizados nas sessões de peelings estimulam a produção de colágeno e, dessa forma, a pele fica mais firme e com aspecto jovial.

Qual a diferença entre Peeling Físico e Peeling Químico?


É simples:

O peeling físico é feito com um ato mecânico, submetendo a pele a uma pressão, como se fosse uma esfoliação mais abrasiva que remove as células mortas. O peeling de cristal é um ótimo exemplo. Nada mais é do que uma microdermoabrasão que “lixa” a pele sem causar um desconforto intenso. Dessa forma, no mesmo dia você já pode voltar às atividades habituais, porque a recuperação é extremamente rápida.

Já o peeling químico atua de forma mais agressiva. É realizado com ácidos em altíssimas concentrações capazes de desprender as camadas superficiais da pele para promover um estímulo maior da renovação celular. Esse tipo de peeling, diferentemente do físico, deve ser realizado por um médico, já que há riscos de queimaduras e só depois de uma rigorosa avaliação, o Dermatologista realizará o procedimento com a concentração e o tipo de ácido mais indicado para o paciente.

Eu já detalhei um peeling químico que eu fiz nesse post:



A minha médica usou Ácido Salicílico numa concentração alta (30%). Obtive resultados incríveis, apesar de ter ficado uns 10 dias bem vermelha até a recuperação completa da pele.


Qual a diferença de profundidade dos Peelings?



Existem peelings superficiais, médios e profundos. Os dois primeiros são mais indicados para acne pouco severa, manchas não tão aparentes, poros dilatados, rugas finas etc. Já o peeling profundo é indicado para peles extremamente envelhecidas, com manchas e rugas profundas. Só após uma avaliação feita pelo médico será possível dizer qual a profundidade que será necessária atingir para melhorar o aspecto da pele.


Dói muito fazer um Peeling?

Se o peeling for químico, é comum sentir uma ardência que não dura muito tempo e é bem tolerável. A parte que eu considero mais dolorida é o pós-peeling, quando a camada atingida começa a descamar e há um desconforto enorme fazendo você sentir uma necessidade extrema de hidratação. Os peelings físicos são os melhores nesse aspecto, uma vez que a dor é mínima e você sai do consultório com apenas uma leve ardência.

Como é o Pós-peeling?

Nem preciso comentar que o uso de um excelente protetor solar é essencial, não é mesmo? É indispensável em qualquer tipo de peeling. A camada atingida vai descamar e precisar de muita hidratação. Quando a recuperação estiver completa (geralmente 1 semana nos casos de peelings químicos), continue tratando sua pele em casa com acompanhamento médico. Os ácidos, como o Retinóico e o Glicólico, podem ser usados fora do consultório em concentrações mais baixas. Os benefícios são imensos, por isso, com certeza seu Dermatologista indicará algum ácido de uso tópico para você usar à noite.

Os resultados são realmente satisfatórios?



Não há como negar o benefício dos peelings. Na foto acima, podemos notar que os resultados foram muito satisfatórios. A pele fica mais uniforme, as manchas são atenuadas e até cicatrizes ficam amenas. A pele se renova, isso explica porque os resultados são tão evidentes.

Quanto custa um Peeling?

Sem dúvidas, essa é a pergunta que mais recebo. É impossível dizer um valor, mesmo que aproximado, porque tudo depende do estado da pele e da clínica onde o procedimento será realizado. Também dependerá de quantas sessões serão feitas, dos cuidados do paciente etc.

Consulte o seu médico Dermatologista para saber qual é o peeling mais indicado para a sua pele e siga todas as recomendações para evitar efeitos indesejáveis, como queimaduras e pigmentação pós-peeling.


Espero ter esclarecido a maioria das dúvidas.
Sei que escrevi demais, mas eu estava morrendo de saudade do blog! =)


Beijinhos



0
Comentários via FaceBook

0 comentários:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante!

P.S. Você pode adicionar o link do seu blog, desde que o comentário seja referente ao post e não propaganda particular.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...